segunda-feira, 14 de julho de 2014

13 dicas para enfrentar o racionamento de agua nas cidades.

Nesta postagem, vamos tentar ajudar você a lidar com o problema da agua. Em São Paulo não choveu onde deveria chover e na época certa. O frágil, ineficiente e tremendamente caro sistema de abastecimento da capital está em alerta máximo. Chegamos no meio do ano, época de estiagem e os níveis das represas estão no vermelho.Como obter ferramentas para lidar com isso?


quinta-feira, 3 de julho de 2014

Fazendinha Urbana - Problemas com vizinhos.

Criadas desde 7000ac pelo homem, caprinos são uma cultura forte e resistente com amplas potencialidades, você pode cria-las em seu quintal, podem ser criadas em confinamento como o gado, ou soltas e precisam do mesmo espaço que um simples cachorro para serem felizes, porém o avanço das fazendinhas urbanas pelo mundo tem gerado MUITA encrenca.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Saiba mais - Curso de sobrevivencialismo em ambiente outdoor

Enfim chegamos ao nosso primeiro curso de práticas sobrevivencialistas e muita gente está se perguntando o que vai acontecer por lá, óbvio que eu e os demais instrutores vamos guardar umas surpresinhas na manga, mas nesta postagem você vai conhecer o conceito do curso e algumas de suas oficinas.


quarta-feira, 25 de junho de 2014

Vacinas para adultos

Olá amigos, nesta postagem vou falar um pouco sobre algo que muitos de nós negligenciam, as vacinas.
E eis aí algo que você precisa mesmo se preocupar se está se preparando para tempos difíceis, existe um verdadeiro arsenal moderno de vacinas indicadas para adultos, algumas previnem contra epidemias, outras atuam em segmentos específicos, como a Anti Tetânica, mas todas elas ajudarão o sobrevivencialista, são gratuitas e devem fazer parte de sua preparação familiar.


domingo, 22 de junho de 2014

Sobrevivencialismo é perigoso?

Você já parou pra pensar no potencial estratégico do sbrevivencialismo e seus desdobramentos em países como o nosso? Melhor ainda, já parou pra pensar quem é que lê suas postagens? De certo em algum momento deve ter ocorrido que um representante da lei possa estar de olho no que você anda escrevendo, acredite meu amigo, ele é o menor dos seus problemas.



sexta-feira, 20 de junho de 2014

Criptografia e códigos de segurança domésticos.

O que você imaginaria se em algum ponto tivesse acesso a esta informação?


Esquilo zero um chamando Esquilo voador...
Prossiga Esquilo zero um...
A "Raposa" está no galinheiro... Repetindo: a Raposa está no galinheiro...
Esquilo zero um, entendido... Já soltamos os cães de guarda!
Exato! cada um de vocês vai pensar em uma interpretação diferente e exatamente por conta disso é muito importante que grupos de sobreviventes tenham seu próprio sistema de codificação, nesta postagem falaremos um pouco sobre isso.

domingo, 25 de maio de 2014

Transformando a colheita em $$

A nossa pequena horta já começa a render, essa semana colhemos 8 abóboras, cerca de 18kg, e resolvemos colocar tudo na panela e fazer uma graninha extra.

O preparo do doce é bastante simples: basta descascar as abóboras, retirar as sementes e picá-las em uma panela. Feito isso acrescente 2 xícaras de açúcar para cada quilo de abóbora (se gostar bem docinho, coloque um pouco mais de açúcar) e 6 cravos da Índia e leve ao fogo para apurar.



O ponto ideal é quando a água secar e o doce começar a desgrudar do fundo da panela. Após desligar o fogo, acrescente côco ralado, que pode ser fresco ou seco.

Deixe esfriar e coloque em vidros limpos e esterilizados. Por não ter conservantes, o doce dura cerca de 10 dias na geladeira.

Para terem ideia um pote de 300g deste doce orgânico é vendido nas redes varejistas com preço médio de R$ 13. Como podem ver dá um bom rendimento!

Por causa da água, o resultado final terá sempre uma redução de peso. Estou estimando que a minha 'panela' de hoje vai render entre 20 e 25 potes de 500g (não encontrei potes menores por aqui :S) .

Mas depois eu conto para vocês, agora vou correr porque estou sentindo o cheiro de doce apurado por aqui.

Até a próxima!

sábado, 17 de maio de 2014

Usos alternativos para o sal na sobrevivência.

Porque ter sal em suas preparações? O sal tem uma importância enorme para o ser humano. Sua história prova isso. Por sal se fizeram guerras, construiram-se cidades, nações e até bem pouco tempo atrás, uma boa fonte de sal era considerado um item estratégico para a soberania de um país. Nesta postagem, filtraremos um pouco dos inúmeros usos do sal e daremos enfoque especial a situações em que recursos sejam escassos.