quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Parte 3 dos R$ 54 ,50.

Eu mudei tudo, ia postar o armazenamento em latas, mas achei que podia fundir no video as 2 postagens, esta dos 54,40 reaUs e a anterior em que eu falo sobre estratégias de sobrevivencialismo na mata. Espero mesmo que todos os meus 2 leitores regulares gostem do material!!

As pets tem esta vantagem de serem enterradas e cabe uma porção interessante de grãos, nem pouco nem muito pra que se estrague depois de aberto antes de se consumir, boas e seletas adegas de grãos podem ser formadas, isso uma adega com tudo que ela merece, climatização, subterranea e com espaço para as garrafas, inclusive vinho.hehe

sábado, 26 de novembro de 2011

25/ 11/ 11

Bom, fiz as compras á tarde e fiquei bem impressionado! tentei usar alguma estratégia de planejamento pra esta fortuna.
Eu já calculei o consumo de minha casa. Não todo ele, só o de itens essenciais, e baseado nele parti para uma loja de jardinagem local.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Sobrevivencialismo com R$ 54,50 - 10% de um salário minimo- Parte 1.

Rá! - Isso é um desafio!

Esta semana lendo uma matéria sobre economia global, ví um dos especialistas falando sobre poupanças e investimentos e como ficar rico guardando 10% dos seus ganhos.
Somos sobrevivencialistas, e um sobrevivencialista não põe todos os seus ovos numa cesta frágil que pode pifar a qualquer momento.
Sim uma pane no sistema, mesmo que com seus investimentos seguros lá no banco, podem impossibilitar o saque:

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Armas : Airgun... ou chumbinho como preferirem!




Vou falar um pouco a vocês sobre a minha impressão sobre as famosas armas de chumbinho e o quanto eu julgo importante possuir estes itens nos kits sobrevivencialistas.

No Brasil o controle sobre armas também passa pelas carabinas limitando seu calibre a até 6 mm e exigindo maioridade para aquisição, o mercado oferece em larga escala o calibre 4,5 e 5,5, respectivamente  .177 e .22.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Cutelaria- Esta vai ser polêmica.

Bom como eu disse, para gostar de facas e canivetes basta ter um bilau entre as pernas.
O assunto é mais unânime que o Corinthians..... hehe.

Óbvio que vou dar a minha opinião, e não sou cuteleiro, vendedor ou colecionador.

O cara, se consegue fugir das mentiras e jogadas de marketing que a internet oferece, ou se consegue enxergar o uso real de uma faca no Brasil, vai fazer suas escolhas de acordo com sua vivência anterior.


domingo, 13 de novembro de 2011

Minha escolha canina.

 Ele é a vanguarda, é ele que dá o primeiro combate, é o mais exposto e o que se arrisca mais, sua fidelidade é incondicional, seu amor também, senhor absoluto do front atrás das muralhas e nosso defensor: O Boxer.
Nesta raça, a harmonia das formas não está separada de múltiplos dotes de inteligência e caráter. Um lindo cão de trabalho e exposição, o Boxer tornou-se muito popular nas últimas décadas, em grande parte por seu notável valor, tanto em tarefas de defesa, como de proteção.


sábado, 12 de novembro de 2011

Meu fogão a lenha !!!!!!!

Olá 2 leitores, já falei antes sobre fogão, espiriteiras etc.
Também já contei o "causo" de quando fui salvo pelo fogão a lenha de casa.
Você deve estar pensando, pô mas que troço comum este cara fala, que inutilidade... Talvez seja pra você, pra nós foi uma grande vitória conseguir comprar este item aqui pra casa. Além de caro $$$, exigiu reparos e reformas na casa para que ficasse dissimulado, foi necessário adaptar a chaminé, o piso e até o telhado com calhas especificas e uma pequena parede, no alto, para camuflar a saída.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Série SUPER-ALIMENTOS: Castanha do pará.

Leia com atenção sobrevivencialista, depois deguste o video.

Me esforço demais para garantir conhecimento para você e sua familia hoje, poupei seu trabalho de pesquisa sobre esta semente chamada Castanha do Pará... é, é uma semente mesmo!

Apesar do seu nome em inglês, Brazil nut, o maior exportador de castanhas-do-para não é o Brasil e sim a Bolívia.O nome em português se refere ao Pará, cuja extensão no período colonial incluía toda a Amazônia brasileira.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Inaugurando o canal do youtube: Composteira doméstica.

Olá sobreviventes, não dá pra viver só de texto, muitas vezes temos que mostrar o que fazemos... vcs já leram aqui, mas vejam a composteira do nosso nucleo sobrevivencialista, espero realmente que gostem!

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

O inverno está chegando !


Sim, o Inverno está vindo, não a estação do ano, mas o grande inverno simbólico dos STARKS.
Um tempo de lutas e privações, um tempo para por a prova nosso conceito de humanidade, será novamente uma Era de homens e mulheres fortes de corpo e espírito.

Não voltaremos á idade das trevas, pois os sobreviventes manterão na mente seus estudos e conhecimentos modernos, vamos sim ter que nos adaptar, a humanidade terá que se reescrever.

domingo, 6 de novembro de 2011

Não me encha o saco ovelha!

Sim, eu sou um sobrevivencialista e realmente acredito no que faço.
Passo como a maioria da população grandes apertos financeiros, mas, quando tenho alguma sobra faço o investimento no nosso projeto familiar.
Não acredito na papagaiada dos zumbis e temo muito mais o futuro imediato do que o futuro apocalíptico dos maias ou de Nostradamus.
Tenho mais medo dos aspectos sociais e políticos do que de um asteroide desgovernado.
Cara, to pouco me fodendo com fama, com moda ou com audiência, inaugurei o blog e o canal do you tube na esperança de achar pessoas que possam me ensinar algo, estou aqui para aprender e não pra ser ídolo ou profeta. Cada postagem que edito aqui, imprimo e guardo num ficheiro a prova dágua, sei lá, pra consultas futuras...
Não pertenço a nenhuma ordem religiosa apocalíptica, embora documente e use as técnicas sobrevivencialistas deles em meu beneficio, isento sempre das filosofias, paranoias e fanatismos.
Mas em que porra de mundo vivemos hoje? Precisa de fé não, basta ter um pouco de bom senso e percepção.
Cara eu tenho um filho de 2 anos, nada, nada, NADA nesta merda de planeta me importa mais que o bem estar e o futuro deste filhote, tenho a obrigação de supri-lo e instruí-lo, vou defender esta criança, apelando para medidas extremas se necessário.

Minha estratégia é fixa, vou me entrincheirar e defender o Feudo, a mata densa, este sim um refugio, não é lugar para os incontroláveis moleques de 2 anos, RUM TO THE HILL está fora de questão no momento embora o kit DELE de mato esteja junto com o nosso.

 Preparem-se, sobrevivam!

SEMPRE ALERTA E PREPARADO!

sábado, 5 de novembro de 2011

Será o escoteiro um sobrevivencialista? Especialidades!

No escotismo as especialidades são divididas em 3 níveis, cada uma com uma certa cota a ser alcançada, quando atendido o(s) quesito(s) garotos dos 7-18 anos recebem seus distintivos.
Este é um blog de sobrevivencialismo, postarei só algumas especialidades, deixo a cargo de você leitor decidir se um escoteiro é um sobrevivencialista ou não.

Um fogareiro...é mais bacana

Fogareiro vapt-vupt.

Sou maluco por café, não tomo muito mas adoro um café bem feito, e geralmente a vontade vem nas mais distintas horas e não escolhe lugar.
Pense em um foguinho pra um café, seja no avance da barraca... forcei? Ta bom... avance é aquela pequena área, ou varanda que algumas barracas possuem, muitas vezes este é seu único reduto protegido do vento e da chuva... ou você simplesmente não quer um grande fogo, ou não pode faze-lo, Ta bom cara, você pode não ter grana pra uma tralha melhor, o que não torna este fogareiro menos útil.

Bora lá: 


sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Bushcraft: eis o cara!

GIULIANO DEINNER TONIOLO TORRES

Deixo sempre claro que montei meu planejamento de sobrevivencialismo em um ambiente urbano, talvez, vc aí leitor ache que estou em uma metrópole com prédios e arranha-céus... desculpa te frustrar irmão, mas minha base é em uma pequenina cidade do interior de SP.

Uma horta em casa? - Parte 1

Sim uma horta!
Além de ser um barato de fazer é um trem que te faz economizar um monte de coisas:
1-Voce economiza no mercado;
2-Voce economiza no médico, porque vai se alimentar melhor e vai mandar menos inseticida pra dentro;
3- Economiza stress,

Translate

Publicidade