terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Crossbow, bestas e balestras- Balestra 80 libras.


Será que esta bestinha é totalmente inútil?

Você pode alegar com certeza que ela não serve pra nada?



Pois bem, já não sei a quanto tempo tenho uma destas, compra de oportunidade e paguei menos de 100 paus.
Até insisti no inicio em comprar as flechinhas da marca, caras e fáceis de se perder.
Novas armas, novos arcos, bestas e crossbows foram encostando cada vez mais a bestinha.



Lá vou eu e um amigo sobrevivencialista pescar em um tanque, ele com uma  Horton RECON e eu com um arco Bear, lá estavam as carpas e tilápias e cada bicada da besta era certeira, um ou outro eu acertava de arco, com bom sucesso até.

Acontece que cada tiro com este equipamento naqueles peixes, além de estourá-los, fazia com que as setas cravassem na lama e nos galhos do fundo do açude de 2m de profundidade.
Tá, queria o que? usar uma besta e um arco feitos para matar ursos de 500 lbs contra peixes de 3 kg dá nisso mesmo, a seta presa no fundo e o bicho lá, correndo de lado a outro na linha que atravessava seu corpo, ok, o peixe foi pego mas a cena é bem ridícula haha.



Outros testes e um resultado similar, a lebre fincada no chão, empalada pela flecha do hoyt foi épica, a manga que eu errei no baixio da árvore mandou a flecha a 200m morro abaixo, atrerrizando em algum ponto fora de trilha, num matagal dos infernos, e lá se vai uma EASTON carbon de 60 paus pro saco.

Só pra salientar, o equipamento é meu atiro como quiser, o meu serve pra mato o seu pra silueta e alvos pra pontuar, o que importa é, constatei que o ARCO e as super bestas, embora armas formidáveis, terríveis e precisas, não são ferramentas de diversão, exceto que vc seja filho do Bill Gates.

Processo semelhante passei com armas de fogo, no EB achava que o top era o FAL, civil abracei a 12 de corpo e alma, mais velho curti mais a .22 e hoje mesmo treinando com todas, dou 300 tiros de chumbinho pra cada munição deflagrada de 22, A12 quer saber? 4 vezes ao ano no clube de tiro por conta da documentação de translado!!!

Bom, lá estava a bestinha encostada, observei a bichinha por um tempo e fiz um teste com uma flecha doméstica rústica pra caramba.A flecha enterrou fundo no alvo a 6m mas partiu a haste... BINGO!!! Flechinhas descartáveis, feitas em casa, com finalidades específicas, usei bambú, cedrinho, pregos, EVA, pequenas laminas de serra, testei, testei, testei, tirei e anotei conclusões.
Passei pro próximo estagio, usando materiais melhores, mas ainda totalmente manufaturados em casa, fiz umas poucas setas prevendo usos mais sérios, com lâminas melhores e cada vez mais afiadas.
Calibrei mais a precisão, o curto alcance ajuda muito, a baixa velocidade deixa ver bem a trajetória das flechas deixando o tiro, mesmo com a lunetinha vagabunda com um ar de instintivo.

A linha de pesca entrou no final.
Pequena, leve, com mecanismos e manejo simples (demais), manutenção batata e com autonomia de munição........cara eu curti isso, passo horas nas pontinhas que óbvio servem para outras flechas, mas foi lá, naquele açude do sitio que veio a surpresa, a flechinha engatou na tilápia com força, firme, não destroçou o peixe nem enroscou em nada, mesmo na mira aberta a 6m vc não erra, se pensar que a pesca é meio a queima roupa, verá que 6 m é mais que suficiente.

Não vou falar dela como arma de defesa, veja as pontas, veja as flechas e imagine onde enfiar aquelas pequenas laminas.Óbvio vc não vai derrubar um cara, exceto com MUITA sorte, mas pode ganhar uma grande vantagem tática dependendo da situação ou da emergência.




 Leia mais sobre as modificações que a galera faz nesta bestinha, tem de repetição, tática, com quiver, mira laser..hahaha dá pra brincar bem e perder boas horas com ela. Há um bom acervo de vídeos no YouTube!


Sempre Alerta e preparados!

Translate

Publicidade