Manual Guia do Sobrevivente

Manual Guia do Sobrevivente
Sobrevivencialismo e Preparação

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Bunker urbano - Especulação imobiliária não é desculpa

Especulação imobiliária.

Presumo que vc more em algum lugar.
Este lugar é seu, alugado, ocupado, emprestado.... não interessa!
O conceito do bunker é um caso de escolha cognitiva a partir da ótica sobrevivencialista.

Quem já tem pode melhorar, quem vai comprar ou construir já pode "prever", que aluga pode Escolher... Enfim, partir do momento que você se insere em sobrevivencialismo, há uma mudança de paradigmas no que tange a suas escolhas e opções.



Eu tenho 80 m de concertina/ouriço em casa, enrolada na caixa. Se alguma merda acontecer instalo no muro em 2 horas.
Tanto faz cara, se alugou uma casa e se mudar a preparação vai contigo na mudança, ruim é vc ir atrás de concertina na hora que deveria ir atrás de suprimentos mais sérios.




Sobrevivencialismo é isso, planejar e preparar., inclusive a fuga do bunker.

Basta pesquisar, hortas, glinheiros, composteiras, TUDO pode ser móvel e nas mais variadas escalas de tamanho.

O que realmente pode ser avaliado antes e durante a aquisição de um imóvel são quesitos que a internet abrange com grandes especialistas, segurança doméstica também.

Creio que sou a prova viva de que não é grana que faz um sobrevivencialista e sim a vontade de fazer e aprender as pericias relacionadas, além do bom senso e discernimento para filtrar informação.

Obvio, já disse a sobrevivencia não é bonita, as pessoas muitas vezes compram, alugam e constroem olhando para aspectos estéticos e ameaçando a estrutura com modismos e materiais frágeis, mais preocupados com os comentários e a inveja das vizinhas do que com aspectos de segurança e praticidade.






Cito sempre, pra alguns e agora pra vcs o caso das sacolinhas de mercado.
Já viu uma base militar? ok, então vc viu aqueles enormes sacos de areia/terra que defendem os vigias de balas não é?
Pois bem, não é o saco de estopa que para as balas, é a areia, talvez não seja uma dica estilosa, mas um saco de mercado cheio de areia vai funcionar da mesma forma, basta vc ter uma boa pá e caçar uma fonte segura de areia ou terra.





Estas sacolinhas vc joga fora aos milhares todo o ano, se guardasse, na hora da merda, poderia reforçar uma posição, sustentar algo. E mais, no manual do arquiteto descalço, a tecnica do super adobe usa sacos plásticos para construção, quem tem uma terrinha e monta a proporção certa pode até triplicar a espessura de uma parede, isso não é pouco.





Uma pá multi uso custa 30 paus ( 1 pizza), sacolas vc joga fora, e se resolver guardar verá que centenas cabem dentro de uma só, logo o espaço é minimo.

Sob esta ótica,  preparação vira um objeto, uma coisa do seu lar, quem pretende mudar de casa leva os pacotes junto como se fosse uma estante ou uma TV.

Ainda, realmente tenho mais medo de clima, agentes biológicos, ciberwar e colapços finnceiros do que de um ditador doido. e confio bem mais em fazer meus investimentos em preparação do que depender de um cartão eletronico que para de funfar se não houver suporte energético.
Tá, eu sou um pobre fodido e sobra pouco, mas alguém numa situação melhor, com mais $$ pode de cara planejar primeiro seu esquema sobrevivencialista e depois depender de um chip.


Translate