Manual Guia do Sobrevivente

Manual Guia do Sobrevivente
Sobrevivencialismo e Preparação

sexta-feira, 2 de março de 2012

Urbano, suburbano ou rural - Cuidado com estratégias gringas.

Viajando em fóruns gringos e lendo estudos e depoimentos de pessoas, sobrevivencialistas, que já estiveram em situações difíceis, vira e mexe deparamos com terminologias que colocam em xeque nosso entendimento sobre as estratégias e planejamentos.


A pouco tempo, em um fórum, rolou um questionamento sobre o que é um bunker. E mais questionamentos ainda sobre a diferença entre bunker e fortificação. Baita discussão boa esta e deixo que vocês coloquem seus pontos de vista aqui nos comentários, até porque são vossas opiniões que me interessam, como autor do blog minha visão é estrita ao meu entendimento, ja´que é meu e eu sei, não faz muito sentido ficar escrevendo aqui sem ter um termômetro se estou no caminho certo ou não, e quero também aprender algo com vocês.
Quando eu penso em urbano, minha mente me leva para cidades, sou paulista, logo a imagem que tenho é a do ambiente em que eu trabalhava quando imagino o cenário:




De quebra, quando voltava pra casa, adentrava de vez no conceito de suburbio, que, em uma cidade como São Paulo, é uma zona tão urbana o quanto o centro de uma cidade pequena do interior, e NADA tem a ver com o termo "suburban" gringos, olhem só estes bairros do suburbio paulista:



Agora vejam o que os gringos classificam como suburban:



Agora vamos lá o que eles julgam ser "suburb" para nós aqui é bairro nobre, trocando em miúdos, grandes terrenos com boas e espaçosas casas, sem muros... e distantes umas das outras. E é aí meu chapa que o caldo entorta na hora que começamos a ler as discussões e fóruns gringos e trocamos todas as bolas aqui em terras brasilis, pois um subúrbio destes é um pesadelo tático, cheio de entradas, saídas e nichos, os vizinhos não estão próximos o suficiente para montar uma defesa eficiente em suas casas, pensando de forma prática, se seis vizinhos se unirem, não conseguirão cobrir a área toda, e vão acabar deixando casas descobertas.
A estratégia em grupo é ponto pacífico de discussões, sozinho é muito difícil, por mais bem armado que esteja. Um grupo desunido é pior ainda.

Mas, voltemos aos conceitos de bairro, e a partir daqui você nunca mais fará uma viajem inocente sem reparar em coisas curiosas.
Já perceberam como cidadinhas do interior se parecem com os subúrbios americanos?



EURECA! eu to fudido! Aqui todo terreno é largo, embora murados e bem abertos, os vizinhos não dividem paredes e há de ser bem xarope para morar num prédio numa cidade dessas.
A maioria da ruas é de primeira, porque se você engatar a segunda cai fora da cidade. Sei o que você deve estar pensando agora, poxa, morar numa cidadinha caipira trás os mesmos problemas de segurança durante uma crise que morar num bairro nobre de SP? A resposta ainda é não, pelo menos por enquanto, mas logo falarei disso, antes quero colocar uma real dúvida minha, até porque não sei o que escrever quando me perguntam que tipo de lugar eu moro, isso aqui é rural, suburbano (segundo os gringos) ou urbano? :


Se você disse no ato que é rural, eu quase concordo, mas deixo a seguinte pergunta, se uma cidadezinha de merda é ambiente rural, isto aqui é o que?:





Se a cidadinha é ambiente rural, estas fazendas e sítios aí são o que? Rural pra caralho?
Viram só a cagada que pode ser pesquisar usando jargões gringos?
Mas não se esqueça de opinar, afinal de contas temos poucos veículos de mídia ainda que formam opinião sobre isso no Brasil, estou longe de acreditar que talvez possa ser um deles mas talvez eu e meus 3 leitores assíduos talvez possamos nos entender melhor quando usarmos os jargões.

Que conste, no IPTU de minha casa está escrito área urbana, mesmo na cidadinha de primeira, logo não conteste o titulo deste blog para que eu não precise xinga-lo ! haha
Hahh ia me esquecendo, depois posto para vcs o que eu, um paulista urbano típico que mudou a 8 anos na cidadinha penso do povo do interior, e porque acho que embora usemos concreto também é um ótimo negócio investir num lugar destes. Mesmo com todas criticas ao "suburban" que lerão, a postura do povo de cidades pequenas é bem diferente dos moradores dos jardins!



Abraços!

Translate