quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Preparação - com arte e poesia!

Mesmo que a arte e poesia sirva só para seus olhos e seu entendimento.
Isso mesmo! Muitas vezes no ápice da empolgação, fazemos , falamos e até temos certeza que uma certa prática é perfeita e incontestável em nossas atividades.
Acompanhei com imenso prazer a ótima postagem do André Miranda, em seu blog O Aventureiro, onde ele mostra a sua trajetória na arqueria, em síntese, ele descreve seu retorno á arqueria tradicional ( Clique aqui), a postagem foi quase um poema da prática.



Mas, ao pensar e reler algumas matérias dele, percebi o porque acompanho o blog, o autor, em cada uma das suas postagens evoca o que lhe é mais clássico na prática do mateirismo. Old School, cada um dos detalhes de seu equipamento é personalizado, do chapéu de campo a bela bowie clássica, nota-se o profundo prazer de carregar estes itens em suas práticas.
Mas esta não é ma resenha sobre o André, e sim sobre o prazer de conseguir fazer algo que em nosso entendimento é o ideal, não só em funcionalidade como também no visual, no design e em como certos itens ou estilos afetam o psicológico do praticante.
Mochila é mochila, serve para levar coisas dentro. Existem boas e más marcas, o que é legal de se ver é a escolha de estilos do usuário. Uns optam por mochilas de trekking, outros por modelos militares antigos e tem aqueles que levam tudo num saco de estopa. Gosto muito de ver como algumas pessoas alcançam o estado da arte em seus estilos, independente de quais sejam, acho que esta é a progressão aurea que faz com que alguns indivíduos se sobressaiam.



Note como muita vezes vemos um cara com fardamento completo, coturnos, cintas e suspensórios e  surge aquela faquinha, pequena, marrom, com cara de hunter clássica que destoa completamente com o estilo que vemos. Aquele cara deveria segurar é uma baita BK9 ou outra faca que combine com sua composição milica... deveria, seria uma logica pétrea, se não fosse o profundo tesão que você percebe nos olhos do cidadão. Cara, ele tá curtindo fazer aquilo, é notório.



Acho que chegamos no ponto, importa mesmo se este ou aquele item ou vizual já foi ultrapassado por idéias ou tralhas mais tecnológicas? Quantos blogs e canais do youtube que começaram extremamente promissores não morreram ou foram abandonados por pura desmotivação (ou desencontro) do autor?
Amigo, faça, pratique e compartilhe o que você acha certo, se você ta curtindo aprender ou ensinar desta forma, este é seu caminho e não deixe o mercado ou o marketing lhe dizer que está errado.

Segue o video dos meus 3 itens favoritos para mato.

Translate

Publicidade