Manual Guia do Sobrevivente

Manual Guia do Sobrevivente
Sobrevivencialismo e Preparação

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Sobrevivencialismo Rural

Não espere ler sobre aquela pequena horta de subsistência ou a criação doméstica de tilápias, aqui o sistema é bruto e o trabalho é duro, a sustentável bicicleta ajuda bem pouco, perdendo pro robusto trator. Na grande maioria das vezes, uma propriedade rural é muito simples, bem diferente dos locais "Chiques" que as pessoas idealizam.




Com o crescimento do sobrevivencialismo, diversos tipos de profissionais começam a aparecer nas redes, médicos, engenheiros, cozinheiros e até fazendeiros e sitiantes. E sim, isso é uma profissão, não falo só do "dono de terras" mas sim de famílias sobrevivencialistas que moram e tiram seu sustento da terra, tornando seu negócio também um meio de sobrevivência. O que muitos tomam por um BOL ( Bug Out Location) é o dia a dia de muitas pessoas.


Não pense em pequenas hortas, imagine centenas e centenas de metros de fileiras de alface, cebola, batata, milho e feijão, os galinheiros são granjas que produzem milhares de frangos de corte ou ovos, talvez até exista um pequeno estoque de carne salgada, mas isso faz pouco sentido quando se tem um galpão com sacas e mais sacas de sal e 2 centenas de bois no pasto. Espaço pra frutas e arvores não falta, e caixa d´agua com tilápias é piada quando se tem tanques e açudes abarrotados de peixes.


Neste ambiente, saber montar a cavalo é quase regra, dirigir trator também, garotos de 12 anos manobram o caminhão para ajudar o pai e tem trabalho de sobra antes de sobrar tempo pras farras da meninice. Ali se fala alto porque as distancias são longas e os motores barulhentos, os vizinhos estão bem longe e um carro estranho passando é quase um evento.


As famílias que moram nestes lugares, não saem pra "buscar pão" toda manhã, pois a padaria está a 40 Km de casa, geralmente a cada 2 dias, a padaria vai até perto deles. Não é novidade passar por uma estradinha qualquer e ver a placa "temos pão", "Vende-se verduras", "frango assado todo domingo", ovo, porco, curau, uva, laranja, chico mecânico, zé lenhador, pedro cerqueiro... As propriedades rurais mais afastadas vivem uma rotina própria, onde é preferível comprar o pão da D. Marlene do Sítio ao lado do que viajar pra cidade.


Cerca só na beira de estrada, perto de casa ou pra pasto, ninguém cerca pé de fruta no meio do nada, ou plantação de cana, ou roça de cebola. Se a estrada esburacar quem estiver mais perto pega o trator e conserta. Não há ferramenta leve, esqueça aquela pá mirabolante da sua BOB, ela só serve pros "vazinho de flô da patroa" e "pros menino brincá na areia", enxada, escavadeira, brocas manuais, machados grandes e marretas são a tralha leve. Roçadeira, acessórios de trator, colheitadeiras, arados mecânicos, bombas de agua com capacidades absurdas e quilômetros de mangueiras são só parte do ferramental que pode variar de acordo com a atividade e topografia do local.


Um sitio não funciona no automático, assim como a sua casa, requer manutenção constante, aquela lâmpada queimada ou a válvula vazando, ali as proporções são enormes e o trabalho vai de cuidar de erosão, até arrumar cercas, pontes, mata burro... inclusive trocar lâmpadas.

Você não vai passar fome, frio ou sede se tiver uma terra produtiva, só na beira da estrada vai encontrar mais comida do que consegue consumir em um mês. Esqueça calças caras, sapatos fashion, maquiagem exagerada, ninguém vai ver e tudo estará com terra até o meio dos bolsos, se não lama, pó. Quanto mais afastado estiver, mais chances de ficar sem energia e ter de percorrer toda a linha pra consertar o fio durante uma tempestade, curte muito internet? fique na cidade o sinal é péssimo, caríssimo e você tem de acordar as 4 da manhã pra dar conta de tudo o que tem pra fazer.


Tem certeza mesmo que você está dedicando seus estudos para os assuntos certos ? Uma chácara com piscina e caseiro não é uma propriedade rural produtiva. A primeira só dá gasto enquanto a segunda te fornece meios para comprar uma daquelas pick ups invocadas dos comerciais de TV.



Os chamados sobrevivencialistas ruralistas são uma classe á parte, com habilidades totalmente pertinentes ao seu estilo de vida, é muito mais provável que você se veja no meio rural com sua BOB em alguns momentos que em uma imensa e fechada área de mata, conhecer um pouco desta lida pode ser a chave de sua sobrevivência. E não duvide, a vida no campo não é fácil.

Curtiu? Deixe seu comentário, critica ou sugestão ! Abraços.

Translate