Manual Guia do Sobrevivente

Manual Guia do Sobrevivente
Sobrevivencialismo e Preparação

sábado, 17 de maio de 2014

Usos alternativos para o sal na sobrevivência.

Porque ter sal em suas preparações? O sal tem uma importância enorme para o ser humano. Sua história prova isso. Por sal se fizeram guerras, construiram-se cidades, nações e até bem pouco tempo atrás, uma boa fonte de sal era considerado um item estratégico para a soberania de um país. Nesta postagem, filtraremos um pouco dos inúmeros usos do sal e daremos enfoque especial a situações em que recursos sejam escassos.

O sal é um item tão ridiculamente comum e barato que muita gente simplesmente ignora seu emprego em preparações e mochilas de fuga ( BOB). É um produto com validade indeterminada cujo único inimigo é a umidade, qualquer lata ou garrafa plástica bem vedada pode acondicionar um bom suprimento de sal.
Sal demais pode te matar, em cenários de crise vai gerar mais sede e colaborar muito com o processo de desidratação de seu corpo, porém, seu corpo não vai te avisar de uma possível deficiência de sal e sem uma mínima dosagem, meu chapa, você está ferrado!

Algumas plantas e animais acumulam no organismo uma pequena dosagem deste mineral, mesmo pressupondo que você conseguira fartura de caça, pesca e colheitas fartas, em pouco tempo os eletrólitos de seu corpo vão exigir uma dose maior pra manter tudo funcionando bem.


Abaixo segue uma lista de usos úteis para seu estoque de sal, existem muitos mais, e vale uma boa pesquisa de sua parte:


1 - O Sal é um poderoso alvejante que pode ser usado para clareamento de roupas, remoção de diversos tipos de manchas em tecidos. Uma salmoura pode desinfectar e remover o cheiro de uma vestimenta que esteve em contato com agua contaminada, como um pântano ou charco fétido qualquer.


2 - O sal é a mais antiga e mais fácil forma de se conservar alimentos, carnes, legumes, raízes e até leite. Bactérias não conseguem se desenvolver facilmente em soluções salinas que também inibem a maioria dos fungos nocivos e além disso, tem uma grande atuação na oxidação, uma pitada de sal evita que frutas escureçam e mantém afastados os mosquitos. Você pode usar sal para "cozinhar" diversas verduras ( repolhos, cebolas, couves, brócolis ou verduras de folha), desidratar carne de caça, peixes, aves, aliando o sal a defumação. Esfregar um punhado de sal em aves recém abatidas, facilita a remoção das penas.


3 - Existem registrados mais de 14000 usos terapêuticos para o sal, que vão desde uma simples pitada em ferimentos para evitar uma infecção ou o clássico soro feito com açúcar, para combater diarreias e outros males que possam levar a desidratação, seu uso vai até a composição de remédios de ultima geração. Uma boa salmoura vai dar conta de arranhões, pequenos cortes e ralados atuando como um anti séptico leve, também ameniza a dor de picadas de abelha e formigas e praticamente elimina o efeito da maioria das urtigas, bastando esfregar um punhado de sal no local afetado. Sal direto na pele atua como um forte abrasivo e um punhadinho pode ser esfregado nos dentes para limpeza. Um gargarejo com salmoura morna ameniza inflamações na garganta e sintomas de resfriado, como dito no inicio são milhares de usos terapêuticos registrados, vale muito a pena perder mais alguns minutos estudando seu uso.



4 - Sal absorve agua. No decorrer da lida telefones, lanternas, pequenos rádios e outros eletrônicos podem sofrer acidentes com agua e umidade, para evitar que o estrago seja maior, coloque o aparelho imerso em sal, que atuará como sílica gel, ajudando a drenar a agua.



5 -Mamíferos e animais de pelo adoram sal, um punhado jogado regularmente em um ponto pode ajudar a formar uma área de ceva para caça. Ao mesmo tempo a maioria dos insetos odeia a substancia, formigas principalmente, aplicar salmoura nas cordas que sustentam a rede vai afastar as cortadeiras, e no chão vai espantar as lava-pés e outras espécies de mordida dolorosa, atuando como um repelente natural. Sal também age como repelente de pulgas e carrapatos, esfregue um punhado de sal fino em partes onde o maldito "micuim" está preso, o carrapato se solta na hora.


6 - Moeda de troca. Desde a antiguidade o sal processado foi extremamente valioso, e até 100 anos atrás explora-lo era exclusividade do Estado. Se você não mora em áreas costeiras, ou perto de uma mina de sal, saiba que é muito difícil conseguir a quantidade mínima de sal para sobreviver na natureza, animais e plantas tem doses muito pequenas deste mineral. Em cenários extremos uma lata de milho na salmoura alcança preços absurdos nas negociações e trocas, pequenas embalagens de sal grosso tem literalmente seu peso avaliado em ouro. Além de sua própria preparação, um "extra" de pequenas doses de sal pode fazer muita diferença.

Existem muitos outros usos para o sal, como remover ferrugem, derreter gelo, testar se ovos são frescos e até para extinguir instantaneamente chamas em óleos incendiados, procurei listar os que eu achei mais relevantes para o sobrevivencialista, neste vídeo, mostro uma pequena preparação de sal sendo levada para nossa área de camping permanente :



Espero que tenham gostado e que deixem suas opiniões (e se possível, mais usos do sal) nos comentários, até + !



Translate