quarta-feira, 11 de abril de 2012

Ameaças quimicas : Perto, muito perto de você.


Vou tentar, mesmo sem ser químico ou profissional da área, levantar o ponto das ameaças químicas que estão muito mais próximas do que uma arma militar de destruição em massa.


Ameaça química, claro que logo de cara você imagina armamento, um ataque estrangeiro, tá corretíssimo meu amigo, este é um fator real, ataques químicos são quase que uma regra dos terroristas, gás Sarin, agente laranja, bombas de cloro, fósforo branco e o escambau, contra estas ameaças estamos literalmente fodidos, pois são difíceis de resistir e a preparação é quase inviável por conta de custos e burocracias, a bem da verdade é que mesmo para militares e estados este tipo de ataque hediondo é absurdamente letal, quanto mais para nós, simples unidades de sobrevivencialistas assalariados, civis.


Mas, se você não está considerando um ataque destes como prioritário em sua preparação, por diversos fatores, como não estarmos em risco de guerra, não termos ações terroristas e as convenções internacionais, saiba que a agressão da química já rompeu nossas muralhas e se hospeda em nossos lares, é hora de você, leitor ou leitora prestar atenção nisso:

Remédios:



Risco químico ou biológico? Sei lá, classifiquei como químico, os riscos são:

Doses erradas, Cair nas mãos de crianças e animais, data de vencimento, mal armazenamento onde a umidade pode alterar os componentes, reações adversas a algum componente entre outras tantas.



Lembro a todos que só exponho a ponta do iceberg, cabe a você pesquisar estes efeitos mais a fundo, como sobrevivencialistas, temos obrigação em manter plenamente organizada nossa farmácia doméstica, e isso começa na hora exata do diagnóstico médico com a coleta de informação, passa pelo farmacêutico na hora da compra, a gestão de prazos e locais de estoque doméstico e culmina com o descarte responsável das embalagens usadas.

Bonito, vc prepara sua casa toda para sobreviver e se envenena atrás das portas blindadas, o mesmo vale para os entusiastas do naturalismo, estude muito as plantas antes de se aventurar com chás, infusões e receitas antigas. Sim meu chapa, plantas liberam componentes quimicos, algumas sementes de Belladona te mandam fácil pro buraco.


Alcool:



Não oferece risco químico, tá certo disso? Pois bem, o consumo de bebidas alcoólicas no país é o recordista em fazer viúvas, aleijados, mulheres espancadas, brigas de bar, poli-traumatismos, intoxicações, vícios, fígados fodidos, famílias arruinadas e virgindades perdidas hehe...





Mas falando sério, esta substancia é talvez a droga mais bonitinha e licita de se usar, com verdadeiros templos dedicados a ela, bares, igrejas, alcoólicos anônimos, alcoólicos conhecidos, unidades de poli-traumatismo, fábricas de cadeiras de roda e muletas e o cacete a quatro.



Tem quem garanta ser saudável, a clássica taça de vinho tinto ( eu acredito), tem uso medicinal, anti septico, como combustível e o escambau, por isso é um risco. É acessível, entra em nossas casas de várias formas e nos afeta direta ou indiretamente outras tantas, via marketing de bebidas, no posto de etanol , nas prateleiras de mercado, em produtos de limpeza, perfumes... Fode a natureza sua produção, hoje competindo com os pastos como maior devastadora do país.

Bom, pessoas queridas, vocês entenderam o risco químico do álcool, valeria uma postagem própria, inclusive abordando direção defensiva e muitos outros temas, como o uso da cana na alimentação de humanos e animais, mas já está valendo para que pensem na proximidade desta ameaça. As armas para combate-la? Responsabilidade, educação e EXEMPLOS, os garotos de hoje serão os pinguços assassinos de amanhã.

isso iria muito longe...

Cigarro:

Tomar no cú né, nem vou perder muito tempo nisso não, eu sei, vc sabe, o papa sabe e não precisa ser bidu pra avaliar o quão próximo de nós está.



Agrotóxicos, pesticidas, inseticidas e similares,



Hahhh estamos sitiados, mesmo com minha horta orgânica ainda compro grãos e muita coisa industrializada, até papinha de neném vem em potes prontos, não sou inocente de acreditar que livrei 100% minha casa deste lixo que pode estar no arroz, no leite, na carne, nos ovos, NA AGUA... Verdadeiros venenos cancerígenos embutidos sorrateiramente no consumismo, afinal, não criamos mais terra para plantar, criamos mais e mais pessoas para comer, isso significa demanda, dinheiro e uma química cruel em adubos e pesticidas para que a terra surrada produza mais e mais, quebrando até a ordem natural das estações. É melhor que eles ganhem o dinheiro e você morra daqui uns anos envenenado, do que ele ser pobre e você esfomeado.



Porra de sistema maldito, nasci na época errada! Minha dica é tentar produzir algo e minimizar o estrago, comprar de fontes confiáveis e tentar, ao menos tentar, saber a procedência do rango. Dá trabalho, cansa, mas é possível.
Leia mais em portais de agronegócios, converse com os vegans, e estude algo de permacultura.

Poluição do ar:



Hahhahaha hoje eu estou fazendo uma síntese do que todos já sabem de alguma forma, e bem mais que eu. Não vou listar TUDO o que pode ferrar tua saúde através do Ar que respiramos, a lista vai de gases, partículas, sujeira, pó dos mais variados.
A minha dica seria mudar para o interior onde o ar é mais puro, aí vc acredita, se muda e quando chegar a safra da cana vem me procurar com a 12 na mão, sai fora irmão! A queima da cana impõe centímetros de fuligem enegrecidas, detona o sistema respiratório de nossas crianças... adultos também, impregna o ar, é tóxica, fenômeno típico por uns 3 meses ao ano.
Sim, no resto do tempo o ar aqui das cidadezinhas é mais limpo.



Deixo uma dica, procurem sobre telhados verdes, hortas em prédios, a pouco tempo vi uma reportagem de como a poluição do ar afeta vegetais plantados em áreas altas urbanas dos grandes centros, beterrabas, cenouras, folhas, tudo com doses cavalares dos fatores poluidores da região e impróprio para o consumo. Na Alemanha, pais desbravador neste tipo de plantio nos telhados, é proibido consumir ou comercializar alimentos plantados em telhados de áreas urbanas. Dá uma pesquisada nisso, pois a porra é bem séria.


Produtos de limpeza/higiene:



Arma de fogo é perigosa? É o caralho! Números e estatísticas comprovam que os acidentes com armas de fogo não chegam a 1% dos casos de intoxicação e envenenamentos causados por produtos de limpeza.
Quimica pura! Óbvio que existe mais manuseio de cloro que de munição e justamente por isso que é um risco e tanto em nossas casas, no trabalho, na rua... até em hospital.
Vai de reação alérgica, ao envenenamento curto e grosso, mata gente, animal, inseto mas tem uma predileção incrível por crianças.

Leia a porra da embalagem, siga as instruções, não se vicie a fazer e armazenar nas coxas como todos fazem, não reutilize as embalagens para alimentos... você seria burro demais em fazer isso.

Transporte de cargas perigosas:



Lembra do texto lá em cima do álcool, sabe o motorista pinguço e filho duma boa puta, pois é, ele pode bater de frente com um caminhão que transporta isso aqui ó:

  wikipédia

Leu? viu as placas? sei que é coisa pra cacete camarada, mas se você está aqui é porque gosta do tema.



Imagine um caminhão tombando com Amônia, cloro ou qualquer gás desta lista  AQUI !

A dica é correr meu chapa, proteja-se e corra como se satã estivesse nos seus calcanhares!



Drogas: Baseadinhos, Coca, Crack, ácidos e outros lixos.



É risco sim, fode seu cérebro, sua família e a sociedade, na minha opinião traficante só não é pior que político, embora dispute bem parelho o posto de Filho da Puta mor.

Falar o que sobre isso, precisa mesmo, acha que não é risco químico? espere até um nóia enfiar a arma na cabeça da sua esposa, para roubar porcarias e financiar as pedrinhas... quem é o nóia? pode ser seu vizinho, parente, filho.




Aqui eu digo algo: DENUNCIE, sem piedade ou medo, use recursos anônimos, escritos ou o escambau, mas faça algo para livrar sua vizinhança deste câncer.

Chumbo



Haha, sobrevivencialismo, armas, munições - chumbos, é um baita veneno com amplas capacidades de contaminação.

Há quem de uma chupadinha na bala de 22, no chumbinho. Tem os que não usam uma caixa de coleta para o pellet da airgun ou disparem a espingarda num campo.
As plantas assimilam o chumbo, aves vão  bicar e ciscar sobre ele, tem aqueles que simplesmente não lavam as mãos depois de manusear ou recarregar munições e depois comem resíduos junto com o salgadinho di pacote.

Porra né caras!

Consciência sobrevivencialista:

Mal arranhei o vidro do sitio que sofremos por elementos químicos, dariam livros falar de tudo.
Ao invés disso peço que comecem a desenvolver uma consciência  prática de riscos eminentes e comecem a avaliar com sinceridade o meio ambiente que os cercam, vão descobrir centenas de absurdos somente lendo embalagens e pesquisando um pouco.
Aprendemos sobre como armazenar, lidar com as toxinas, seus efeitos e formas de socorro.
Entraremos em lojas de EPI e saberemos como gastar nosso suado dinheiro com itens que serão bem abrangentes, para vários cenários.

Além disso, teremos consciência do que fazemos sem perceber para contaminar nossas vidas, cigarro, bebida, drogas passam da esfera do acidente e do sinistro para um suicídio controlado onde o cara define o prazo de validade de sua vida.

Sim eu tomo uma cerveja... Uma, ás vezes... e as vezes é cada 2 ou 6 meses mais ou menos.
Se a idéia é sobreviver, não faz sentido irmos nos matando aos poucos e em nossas casas, como se não bastasse o mundo todo lá fora conspirando contra.

Participe também dando suas dicas de ameaças químicas próximas, com sua colaboração a matéria fica mais completa e serve de referencia para quem está chegando.

Essa foi longa, abraços.

Translate

Publicidade