Manual Guia do Sobrevivente

Manual Guia do Sobrevivente
Sobrevivencialismo e Preparação

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Abrigo; Proteção/ segurança doméstica = safe room.

SEGURANÇA DOMÉSTICA

Proteção e segurança doméstica são questões que devem ser levadas em consideração quando você está resolvendo onde morar. Janelas e portas devem preferivelmente ter grades de segurança ou trancas, as portas devem ter trincos, uma corrente de segurança e um olho mágico e, se a propriedade tiver um sistema de alarme, isso também a torna uma excelente escolha.
É recomendável, se você morar em uma propriedade de aluguel, que obtenha um seguro do conteúdo do apartamento para seus pertences. Essa é uma forma de seguro doméstico que protege o conteúdo da casa. Os senhorios normalmente têm seguro da casa mas seus pertences não estarão cobertos. O seguro do conteúdo substituirá seus pertences se sua casa for invadida ou se seus pertences forem danificados ou roubados, ou se a casa pegar fogo e seus pertences forem destruídos ou danificados. O custo está em torno de algumas centenas de dólares por ano e depende do valor de seus pertences.
 Não facilite a entrada de ladrões em sua casa.  Aqui estão algumas dicas para ajudar a mantê-lo seguro em casa:
  • Se um estranho bater à porta, fale com ele através da grade da porta trancada. Não deixe um estranho entrar na casa. Verifique as credenciais de um vendedor;
  • Conheça seus vizinhos. Você saberá quem deve estar na área e as pessoas ajudarão mais se o conhecerem;
  • Não deixe mensagens na porta da frente. Isso permite que as pessoas saibam que você não está em casa;
  • Evite que embrulhos sejam deixados no degrau da porta. Se precisar que alguma coisa seja entregue enquanto estiver fora, peça para os seus vizinhos recolherem o pacote;
  • Crie um colega de quarto invisível. Mulheres que moram sozinhas podem pedir a um parente ou um amigo para gravar a mensagem de sua secretária eletrônica, como "Não podemos atender agora, por favor, deixe uma mensagem";
  • Tranque suas portas e janelas quando sair. É uma boa ideia deixá-las trancadas quando estiver em casa também, mesmo se estiver bem acima do nível da rua;
  • Quando sair, deixe um radio ou televisão ligada ou uma luz à noite para dar a impressão que você está em casa;
  • Não deixe uma cópia da chave do lado de fora da casa. Se tiver um amigo ou vizinho confiável, pense em deixar a cópia da chave com ele;
  • Não deixe as chaves do carro jogadas pela casa. Se você for roubado, o intruso pode levar o veículo também;
  • Se você comprar aparelhos elétricos caros, corte as caixas em pedaços antes de reciclar. Caixas deixadas do lado de fora de uma casa permitem que os ladrões saibam o que tem de novo na casa;
  • Marque suas propriedades com um código de identificação (como seu número de passaporte ou data de nascimento) usando um estilete ou um marcador ultra-violeta.  Você pode comprar esses marcadores agora em várias lojas de material elétrico. Produtos marcados são muito mais difíceis de vender pelos ladrões;
  • Conserve uma lista de números de série de seus aparelhos elétricos como televisores, DVD players, gravadores de vídeo, CD players, etc. No caso de serem roubados e recuperados, é maior a possibilidade de identificá-los como seus;
  • Faça uma cópia do disco rígido de seu computador e conserve-a em um local separado para reduzir o risco de perda de informações;
  • Tenha cuidado com as informações que presta a estranhos por telefone ou através de sites de redes sociais na Internet. Se não estiver em casa ou sair de férias, não disponibilize essas informações para estranhos (através da secretária eletrônica ou na página da rede social);
  • Use trincos e correntes de porta se os tiver. Se não tiver, peça ao seu senhorio ou agente imobiliário para instalá-los;
  • Se sua casa tiver um alarme, certifique-se de usá-lo;
  • Prepare um plano de fuga de emergência de sua casa no caso de situações de risco de vida, como um incêndio;
  • Assegure-se de que o número de sua casa esteja claramente visível da rua no caso de uma emergência;
  • Se ao chegar em casa encontrar evidências de um assalto (como uma janela quebrada ou trinco da porta arrombado), não entre. Você pode destruir evidências ou se colocar em perigo se o ladrão ainda estiver lá. Telefone para a polícia de um lugar seguro fora de casa; e
  • Lembre-se de ligar para 190 no caso de uma emergência.

QUARTO DO PANICO/ SAFE ROOM


Em primeiro lugar, eles costumam ser chamados de "quartos seguros", o que os fazem parecer um pouco menos dramáticos. Mas suas origens datam muito antes de qualquer filme da Jodie Foster. Senhores feudais medievais, por exemplo, usavam quartos seguros como proteção contra os confrontos. Mas será que Hollywood mostrou um quarto do pânico de verdade? Os quartos do pânico de hoje podem ter uma alta tecnologia. A maioria dos especialistas em segurança diz que com equipamentos de comunicação básicos, os ocupantes só precisam se esconder no quarto por uma ou duas horas, quando a casa é invadida.
Para entender o quarto do pânico, precisamos entender primeiro por que as pessoas precisam dele. As fortalezas mais avançadas vêm com etiquetas de preços bem grandes, então geralmente apenas os mais ricos podem comprá-las. Porém, com o aumento dos alertas terroristas e das catástrofes relacionadas ao clima nos Estados Unidos, os quartos do pânico básicos estão se tornando mais populares. Eles são construídos com materiais resistentes ao clima e possuem mascaras de gás e tabletes de iodeto de potássio para proteção contra ataques biológicos e nucleares. E alguns fabricantes afirmam que seus quartos podem acomodar famílias por um longo período - até mesmo por um mês.
Além de suprimentos básicos e uma boa fechadura, os quartos do pânico incluem uma grande quantidade de recursos, desde uma série de artilharias até um bar com bebidas e uma pia.

SEGURANÇAPRA QUE SERVE O QUARTO SEGURO

Pense no quarto do pânico como se fosse um cofre para pessoas. Em um país com comunidades cheias de grades, os quartos do pânico são fabricados para ser as opções mais modernas em segurança. Eles vão de quartos simples com portas reforçadas até minifortalezas elaboradas que protegem seus ocupantes contra ataques biológicos e nucleares, eventos cimáticos e invasões residenciais. Os quartos do pânico com tecnologia de ponta, feitos com os materias mais modernos, são mais parecidos com esconderijos luxuosos do que com porões frios.
Dependendo da quantidade de segurança que você quiser e do dinheiro que tiver para gastar, os quartos do pânico possuem uma grande variedade de recursos de segurança. Você pode reforçar um armário embutido e colocar alguns suprimentos de emergência ou construir uma outra casa dentro de sua casa.
Paredes Um quarto do pânico é basicamente uma caixa com uma abertura. Então os seis lados da caixa - paredes, teto e chão - devem ser reforçados. Você pode reforçar um armário embutido com madeira compensada se quiser um abrigo contra tempestade, mas isso não vai oferecer proteção contra invasores.

Entrada Os quartos do pânico são construídos para esconder seus ocupantes, então uma das melhores defesas é a entrada invisível. Entradas em estantes de livros e portas escondidas são escolhas populares.
A porta é o ponto fraco da caixa reforçada, então seus reforços são essenciais. Mesmo que suas paredes não estejam reforçadas com aço, é bom colocar uma porta de aço sólido. As fechaduras embutidas, que são montadas dentro da porta em vez de serem colocadas fora dela, oferecem um outro nível de segurança, assim como as dobradiças e os parafusos de aço. As ombreiras de portas feitas de aço impedem que um intruso chute a porta e consiga abri-la. Os quartos do pânico com tecnologia de ponta geralmente têm fechaduras controladas por teclados numéricos, que usam as forças magnéticas para manter a ligação entre um imã colocado na moldura e um dispositivo colocado na porta.

RECURSOS

Comunicação
É uma boa idéia deixar um celular ou um radio amador em seu quarto do pânico caso precise se comunicar com o mundo exterior. Mas se o seu quarto do pânico for muito isolado ou reforçado para que o telefone celular funcione, você pode instalar uma linha telefônica enterrada, um sistemade intercomunicação ou um botão de alarme diretamente conectado com a polícia ou com a equipe de segurança.





guns

Dependendo da finalidade de seu quarto do pânico, você pode enchê-lo de armas
Também é bom que os intrusos não ouçam o que você está falando. Deixar o quarto do pânico à prova de som impede que o intruso ouça suas conversas com a polícia. E se os intrusos descobrirem que você está no quarto, eles não vão conseguir provocar você verbalmente.
Vigilância Você deve se lembrar que o quarto do pânico de Jodie Foster tinha uma parede cheia de monitores que, de maneira dramática, mostravam cada canto da casa. O quarto do pânico típico - se tiver vigilância - tem um monitor conectado a uma série de cameras escondidas. Os quartos do pânico com tecnologia de ponta também podem utilizar câmeras com sensor de calor, então se a casa for atacada à noite, você pode verificar quem está no lugar sem ser descoberto.
Energia A maioria dos quartos do pânico é alimentado por geradores. Mas você tem de cuidar da ventilação e sempre ficar atento ao monoxido de carbono. Os geradores devem ser independentes nos quartos do pânico, o que exige mais espaço - e mais dinheiro. Nos quartos do pânico mais básicos, luzes e telefones movidos a pilha ou a manivela podem ser o suficiente.
Circulação de ar
Os quartos do pânico mais elaborados e caros têm câmaras com controle de ar, temperatura e umidade. Eles podem ter sistemas de filtragem de ar separados que protegem contra armas biológicas, e aberturas falsas para confundir os intrusos. E como um último recurso, os quartos do pânico com tecnologia de ponta podem incluir máscaras de oxigênio.
Encanamentos Mais uma vez, dependendo do quanto você pretende gastar, os encanamentos podem ser tão básicos como um banheiro portátil - ou você pode instalar encanamentos separados e um tanque séptico. É claro que é bom deixar estoques de agua no quarto (3,7 litros por pessoa para cada dia é a regra geral).
Suprimentos É aqui que as pessoas podem enlouquecer um pouco, dependendo da quantidade de dinheiro que estão dispostas a gastar. Os suprimentos são as coisas que ajudam os ocupantes a sobreviverem durante um ataque - como comida, água e equipamentos de primeiros socorros.
Os suprimentos para as pessoas abastadas podem ir bem além do básico - para manter os donos da casa ocupados com outras coisas e fazê-los esquecer de quem está roubando as pratarias, os quartos do pânico podem se tornar esconderijos de luxo com camas, bares e sistemas de entretenimento. Alguns proprietários chegam a construir dois quartos do pânico: um para os pais e outro para as crianças. Os quartos do pânico com tecnologia de ponta geralmente incluem itens como pias químicas - para remover patogênicos - e mascaras de gás.
Armas Se você construiu o quarto do pânico para proteger sua família contra o clima, encher o quarto de armas provavelmente não será uma prioridade. Mas se você acha que pode ter de defender seus interesses contra invasores armados, é provável que queira um arsenal. O spray de pimenta fica no fim da lista, e o céu é o limite para escolher o que fica no topo: Você pode deixar uma arma para cada membro da casa, por exemplo, ou instalar dispositivos de choque de alta voltagem debaixo do carpete, caso um intruso consiga entrar no quarto.





Para um quarto do pânico básico, o manual de Preparação para Emergência  recomenda os seguintes suprimentos:
  •  Alimentos não perecíveis;
  • estoque de  agua limpa;
  • kit de primeiros socorros com os medicamentos necessários;
  • lanternas e pilhas extras;
  • rádio movido a pilha e pilhas extras;
  • roupas;
  • suprimentos para higiene;
  • documentos importantes;
  • um par de óculos extras;
  • cobertores;
  • cartões de crédito e dinheiro;
  • um rolo de fita adesiva;
  • tabletes de iodeto de potássio (para evitar doenças causadas por radiação). 

Translate